AMVDS Associação de Municípios do Vale do Douro Sul


Aviso de Sismo Sentido no Continente 19-08-2016 12:44

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera informa que no dia 19-08-2016 pelas 12:44 (hora local) foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, um sismo de magnitude 4.1 (Richter) e cujo epicentro se localizou a cerca de 80 km a Oeste de Peniche.

Este sismo, de acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de Mafra e em Lisboa.

Se a situação o justificar serão emitidos novos comunicados.


A localização do epicentro de um sismo é um processo físico e matemático complexo que depende do conjunto de dados, dos algoritmos e dos modelos de propagação das ondas sísmicas. Agências diferentes podem produzir resultados ligeiramente diferentes. Do mesmo modo, as determinações preliminares são habitualmente corrigidas posteriormente, pela integração de mais informação. Em todos os casos acompanhe sempre as indicações dos serviços de proteção civil. Toda e qualquer utilização do conteúdo deste comunicado deverá sempre fazer referência à fonte.

Incêndios: ponto de situação às 20h30

O Comandante Operacional Nacional, José Manuel Moura, faz um ponto de situação dos incêndios às 20h30 de hoje, 12 de agosto, na sede da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em Carnaxide.

Alimentação em dias quentes

Siga as 10 recomendações da DGS. Mantenha-se hidratado!

Com a chegada do verão, chegam também os dias quentes com exposição a elevadas temperaturas.

De acordo com fontes oficiais, os meses de junho e julho deste ano, 2016, foram dos mais quentes desde que existem registos de temperatura ambiental. Em resposta ao aumento da temperatura ambiente, o nosso organismo aumenta a perda de água pela transpiração, sendo esta a sua principal forma de arrefecimento.

Manter uma hidratação adequada é essencial, pelo que se recomenda a ingestão de água ou de outro líquido, mesmo que não se tenha sede, e que se evitem as bebidas açucaradas e alcoólicas.

Assim, a Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, divulgou uma série de recomendações para a hidratação e alimentação em dias quentes.

10 recomendações para a alimentação em dias quentes

  • Mantenha-se bem hidratado mesmo que não sinta sede. Aumente a ingestão de água e infusões sem adição de açúcar ao longo do dia;
  • Dê um sabor saudável  à sua bebida. Pode aromatizar a sua água, de forma natural, adicionando:
  • Opte por alimentos sólidos que são ricos em água, como frutos e hortícolas, cozinhados ou em cru;
  • Coma sopa para se hidratar. É a forma mais segura de hidratação no verão, podendo sempre optar pelas suas versões frias (por exemplo: gaspacho);
  • A água é portátil. Lembre-se de ter sempre consigo uma garrafa de água, em particular quando se desloca (praia, exercício, viagem de automóvel…);
  • Evite bebidas alcoólicas, excessivamente açucaradas ou com cafeína, em particular no verão. Em vez de hidratarem, contribuem para a perda de água. Além disso, o álcool em excesso é um forte agressor do sistema hepático;
  • Monitorize a sua ingestão de água. A cor da urina pode ser um marcador do nosso estado de hidratação. Esta deve ser abundante, incolor e inodora;
  • Faça refeições leves e mais frequentes e evite refeições pesadas e muito condimentadas. Escolha locais com uma boa oferta de bebidas saudáveis;
  • Acondicione e transporte os alimentos mais perecíveis (queijo, iogurtes, marisco, ovos, etc.) em geleiras, sacos ou malas térmicas, com cuvetes de gelo ou placas frias, para manter a temperatura. Uma infeção alimentar aumenta perigosamente o risco de desidratação;
  • Vigie os familiares de risco, em particular as crianças, e incentive os amigos a beber água ao longo do dia e no local de trabalho. O mau humor e o bom desempenho cognitivo têm muito a ver com uma hidratação adequada!
  • Um pedaço de fruta (limão, laranja, lima…)
  • Hortícolas (pepino…)
  • Especiarias (canela…)
  • Ervas aromáticas (hortelã…)

A DGS recomenda ainda que as pessoas que sofram de doença crónica, ou que estejam a fazer uma dieta com redução de sal ou restrição de líquidos, se aconselhem com o seu médico ou contactem a linha Saúde Pública: 808 211 311

Mantenha-se hidratado!

A AUTORIDADE NACIONAL DE PROTEÇÃO CIVIL RECOMENDA: EVITE OS INCÊNDIOS FLORESTAIS!

Nos espaços florestais e terrenos agrícolas, de 1 de julho a 30 de setembro:
- É proibido fazer queimas e queimadas;
- É proibido lançar balões com mecha acesa e foguetes;
- Para usar fogo-de-artifício terá que obter autorização da câmara municipal.

Se for passear para a floresta, lembre-se:
- Não é permitido fumar ou fazer lume de qualquer tipo;
- Não deite lixo para o chão: plásticos, papéis ou vidros.

Se morar junto à floresta ou no campo:
- Limpe o mato à volta da sua casa num raio de 50 metros;
- Guarde os produtos inflamáveis em local seguro.

ALERTE AS AUTORIDADES PARA A PRESENÇA DE PESSOAS COM COMPORTAMENTOS SUSPEITOS
SE DETETAR O INÍCIO DE UM INCÊNDIO FLORESTAL, LIGUE DE IMEDIATO PARA O 112!

COLABORE NA DEFESA DA NOSSA FLORESTA!

Incêndios florestais

Com temperaturas elevadas redobre os cuidados com a floresta

Older Posts

Custom Post Images


IPMA


Sorry this feed could not be loaded
AMVDS
Associação de Municípios do Vale do Douro Sul
Avenida das Acácias
5100-070 Lamego
FINANCIADO POR:
logos-ccdrn1_adjusted
CONTATOS
Telefone: (351) 254 655 968
Fax: (351) 264 613 985
Email: geral@amvds.pt