DOURO DIGITAL

SIMPLEX AUTÁRQUICO

COMPRAS PÚBLICAS

CENSOS 2011

CCDR NORTE

O NOVO NORTE

PORTUGAL 2020

PORTAL DO CIDADÃO

LOJA DO CIDADÃO

A. M. A.

R. C. C.

ESTATÍSTICAS

Membros : 1
Conteúdo : 916
Favoritos web : 40
Visualizações de conteúdos : 824354
Município de Resende PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

História | Actividades Económicas | Gastronomia e Artesanato | Feiras e Romarias | Miradouros | Tempos Livres | Património

 

Mapa Geral dos Municípios Associados - Resende

 

 

Brasão do Município de Resende.

Município de Resende tem uma Área de cerca de 122,5 Km2, é constituído por 15 Freguesias e segundo os Censos 2001 (Fonte: INE - Instituto Nacional de Estatística) tem uma População Residente de 12370 pessoas, sendo a Densidade Populacional de 101,0 Hab/Km2. A Variação da População Residente entre 1991/2001 é de 9,5%.

 

 

 

HISTÓRIA


 

     Resende repousa sobre a margem Sul do Rio Douro e é constituída por 15 freguesias: Anreade, Barrô, Cárquere, Feirão, Felgueiras, Freigil, Miomães, Ovadas, Panchorra, Paus, Resende, S. Cipriano, S. João de Fontoura, S. Martinho de Mouros e S. Romão de Arêgos. A localização privilegiada presenteou Resende com fabulosas paisagens, o relevo montanhoso criou miradouros surpreendentes, as estradas e caminhos abriram percursos que permitem descobrir alguns dos mais belos recantos da região. Resende tem ainda o privilégio de estar situado nas margens do Rio Coura.

 

Paisagem de Resende.

 

     Aqui sobrevivem ainda vestígios dos tempos em que estas terras começaram a ser habitadas. Um vasto conjunto de monumentos megalíticos constitui um testemunho, de grande valor arqueológico e histórico, da antiguidade desta região. Mas o património de Resende prima também pelas belíssimas igrejas e imponentes solares, pontes e aldeias serranas onde ficaram guardadas as histórias da nossa gente.

 

Vistas sobre Resende.

 

     O Município de Resende é um dos maiores produtores nacionais de cereja, que constitui uma das mais importantes fontes de rendimento para a população. Uma população que continua a viver do que a terra oferece, num cenário que preserva a ruralidade mas que acompanhou a História e guardou dela memórias grandiosas.

Topo da Página

 

 

ACTIVIDADES ECONÓMICAS


 

     Resende é um Município essencialmente agrícola e isso é bem visível nas suas paisagens e no modo de vida das suas gentes. Quase metade da população activa ocupa-se da agricultura, destacando-se os cereais, o trigo e o milho, a batata, a oliveira, a vinha e a cereja como as culturas mais representativas.

 

Cerejas de Resende.

 

     Mas a cereja é, sem dúvida, um ex-líbris. Para além de ter um peso considerável na economia local, a cereja de Resende é apreciada em todo o país e no estrangeiro. Tem a particularidade de amadurecer duas a três semanas mais cedo que a cereja do resto da Europa.

Topo da Página

 

 

GASTRONOMIA E ARTESANATO


 

     A gastronomia tradicional de Resende figura entre as melhores do Norte do País. Os fumeiros são bem conhecidos e apreciados. Presunto, chouriço e salpicão são obrigatórios em qualquer ementa que se escolha em terras de Resende. O anho assado no forno é o prato mais típico e aqui é cozinhado com todos os requintes e toda a sensibilidade da cozinha tradicional portuguesa. Mas também vale a pena provar o bazulaque.

 

Cavacas de Resende.

 

     Na doçaria, destacam-se as famosas cavacas, as rosquilhas de Arêgos, as falachas e as torradas do Barreiro.

 

Barro Preto de Resende. 

 

     O artesanato é riquíssimo e variado em Resende. Um pouco por todo o Município se encontram artífices cujo engenho sobreviveu a todas as inovações. Entre a variedade de artes tradicionais, destacam-se a olaria de barro preto, a chapelaria, a cestaria, as rendas e bordados, a latoaria, a pirotecnia e a tecelagem. Mas muitas outras continuam vivas pelas mãos das gentes de Resende e retratam bem o espírito e a identidade deste Município.

Topo da Página

 

 

FEIRAS E ROMARIAS


 

     As festas e romarias abundam durante o ano. As festas do Município, chamadas Festas da Labareda, realizam-se na semana anterior ao 29 de Setembro.

 

Venda de Cavacas aos Turistas nos pontos de venda. 

 

     No último Domingo de Março ou no primeiro de Abril realiza-se a Festa da Cerejeira em Flor. No dia 25 de Julho realiza-se a Feira de S. Cristóvão, com missa rezada na capelinha do mesmo Santo. No Mosteiro de St.ª Maria de Cárquere tem lugar uma festa a que chamam o "quarto Domingo de Maio", denominação que tem a ver com a data de realização. Na Vila de S. Martinho de Mouros há festa no último Domingo de Agosto.

 

Convento de St.ª Maria de Cárquere - Resende.

 

     Em todas as freguesias do Município de Resende, as populações realizam romaria aos seus santos padroeiros ao longo de todo o ano. O Verão é o ponto alto das festividades, principalmente o mês de Agosto, quando a região está cheia de turistas.

Topo da Página

 

 

MIRADOUROS


 

     O Penedo de S. João, em Freigil, é um dos mais belos miradouros da região. Daqui é possível avistar o Vale do Douro numa extensão surpreendente. Este é também um dos locais privilegiados da região para a prática de escalada e rappel.

 

Penedo de S. João - Resende.

 

     Vale a pena parar junto à Capela de S. Cristóvão, em Felgueiras, para admirar o belíssimo panorama que se estende pelas terras de Resende que valem pelos contrastes entre as densas florestas, os sucalcos sinuosos e os vales afundados entre as montanhas.

 

St.ª Maria de Cárquere - Resende.

 

     Os miradouros do nicho da Senhora de Cárquere e do nicho da Senhora, em S. Martinho de Mouros, são também pontos de paragem obrigatória para quem quer desfrutar da grandeza e da variedade das paisagens que envolvem Resende.

Topo da Página

 

 

TEMPOS LIVRES


 

     As Caldas de Arêgos são um dos espaços termais mais conceituados no Norte. Estão situadas entre as belas paisagens do Vale do Douro, no extremo ocidental do Município e bem perto do Rio Douro. As suas águas estão indicadas para tratamento de doenças reumáticas, dermatosesproblemas das vias respiratórias e afecções ginecológicas.

     Resende proporciona ainda aos visitantes um curioso itenerário pelas aldeias mais típicas, onde é possível reencontrar velhos hábitosmodos de vida. As aldeias da Talhada, Panchorra, Ovadas e Feirão, são ponto de paragem obrigatório nesse percurso.

 

Jardim em Resende.

 

     Com os seus cenários paradisíacos recortados por riachos e contornados pelo sublime Rio Douro, proporciona ainda a prática de uma série de desportos em contacto com a natureza, como caminhadas, escalada, rafting, remo e pesca.

 

Piscinas Descobertas de Resende. 

 

     A caça também é uma óptima alternativa para quem gosta das actividades ao ar livre. Para isso, o ideal são as terras que circundam a freguesia da Panchorra, onde abundam o coelho, a perdiz, a coderniz e a rôla.

     O turismo rural é uma excelente opção para quem aprecia o contacto com a natureza. Um pouco por todo o Município existem casas e solares, envolvidos por um ambiente bucólico, que recebem os visitantes com toda a eficiência e conforto que se exigem a um turismo de qualidade.

     Merece uma referência especial o folclore deste Município. Grupos como o Rancho de S. Pedro de Paus, S. Miguel de Anreade e Santa Maria de Cárquere são famosos na região pela sua autenticidade.

 

Topo da Página

 

 

PATRIMÓNIO


 

     Resende presenteia o visitante com um património variado e representativo da sua história. De tempos mais recuados, merecem destaque a estação megalítica de S. Cristóvão e as estações arqueológicas da Mogueira e de Santa Maria de Cárquere, povoações proto-históricas povoadas, mais tarde, pelos romanos. Mas a época medieval deixou aqui também outros testemunhos valiosos. Perto de Freigil, encontra-se uma série de sepulturas antropomórficas abertas na rocha.

 

Nossa Senhora. 

 

     O património de Resende tem a sua mais valiosa expressão nas Igrejas de S. Martinho de Mouros, Santa Maria de Cárquere e Barrô, todas elas classificadas Monumento Nacional. S. Martinho de Mouros é um dos mais importantes templos medievais do Douro Sul. Tem um aspecto de fortificação militar, o que se justifica pela época contorbada em que foi construído. A fundação da Igreja de Santa Maria de Cárquere está ligada à figura do Conde D. Henrique, que se diz ter erguido o respectivo Convento e Igreja para agradecer a cura milagrosa de D. Afonso Henriques, que nasceu com uma deformação nas pernas. Esta Igreja, de tipo românico, tem um portal de decoração manuelina e uma torre medieval. O Convento possui uma imagem minúscula de Nossa Senhora de Cárquere, em marfim, cuja origem se atribui à época visigótica. Na capela mortuária estão guardados quatro túmulos de granito datados dos séculos XIII e XIV, onde jazem os Condes de Resende. Nesta capelinha existe uma janela românica do século XII.

 

Janela Românica.

 

     A Igreja Românica de Barrô, erguida no século XIII, possui uma interessante cobertura do tecto, forrada com caixotões barrocos. São também de destacar o arco que sustenta a abóbada da capela-mor, o retábulo-mor de talha com uma imagem de Nossa Senhora da Piedade e de Nossa Senhora com o Menino.

 

Igreja de Barrô - Resende.

 

     Da arquitectura civil, destacam-se casas e quintas solarengas. É nas freguesias de Resende, Anreade e S. Martinho de Mouros que se encontram os mais belos solares setencentistas do Município: a Casa da Granja, a Casa da Pousada, a Quinta de Fornelos, a Casa de Massas, a Casa de Sais, a Casa de Vila Pouca e o Solar da Soenga.

     Na freguesia de S. Cipriano, vale a pena conhecer a Casa da Torre da Lagariça, imortalizada por Eça de Queiroz no seu romance "A Ilustre Casa de Ramires".

Topo da Página

atualizado em Segunda, 21 Dezembro 2009 12:42
 

VALE DO DOURO SUL

  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.

TERMAS DE AREGOS

FEIRINHA DA TERRA

BARCA DE AREGOS

SESSÃO ONLINE



A SUA OPINIÃO

É importante a existência da AMVDS?
 

VISITANTES ONLINE

Temos 63 visitantes em linha
Free template 'Feel Free' by [ Anch ] Gorsk.net Studio. Please, don't remove this hidden copyleft!