DOURO DIGITAL

SIMPLEX AUTÁRQUICO

COMPRAS PÚBLICAS

CENSOS 2011

CCDR NORTE

O NOVO NORTE

PORTUGAL 2020

PORTAL DO CIDADÃO

LOJA DO CIDADÃO

A. M. A.

R. C. C.

ESTATÍSTICAS

Membros : 1
Conteúdo : 916
Favoritos web : 40
Visualizações de conteúdos : 824357
Município de Penedono PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

História | Actividades Económicas | Gastronomia e Artesanato | Feiras e Romarias | Miradouros | Tempos Livres | Património

 

Mapa Geral dos Municípios Associados - Moimenta da Beira.

 

 

Brasão do Município de Penedono.

Município de Penedono tem uma Área de cerca de 133,7 Km2, é constituído por 9 Freguesias e segundo os Censos 2001 (Fonte: INE - Instituto Nacional de Estatística) tem uma População Residente de 3445 pessoas, sendo a Densidade Populacional de 25,8 Hab/Km2. A Variação da População Residente entre 1991/2001 é de 7,7%.

 

 

 

HISTÓRIA


 

     O Município de Penedo está situado no limite Nordeste da região do Douro Sul. Antas, Beselga, Castaínço, Granja, Ourozinho, Penedono, Penela da Beira, Póvoa de Penela e Souto, são as freguesias que o compõem.

 

Vistas sobre Penedono.

 

     Penedono é um Município carregado de História. A freguesia de Penela da Beira teve o primeiro foral concedido a terras portuguesas, por D. Fernando de Leão, muito antes da Fundação da Nacionalidade. O primeiro documento conhecido que se refere a estas terras data do ano de 960 e chama-lhes Pena do Dono, que significa Penha ou Castelo do Dono. Mas, muito antes disso, já as terras de Penedono eram habitadas e o imenso e valioso património arquiológico do período megalítico é testemunho dessa antiguidade.

 

Castelo de Penedono.

 

     Mas é o Castelo a imagem de marca do Município. Foi erguido muito antes do nascimento de Portugal e a sua arquitectura de formas e contornos pouco comuns manteve-se inalterada ao longo dos tempos.

     Firmado sobre granito e xisto, o Município de Penedono cresceu com as influências do Douro e da Beira Alta e conjugou com harmonia as suas maiores riquezas.

Topo da Página

 

 

ACTIVIDADES ECONÓMICAS


 

     O sector Agrícola domina uma boa parte da actividade económica do município. Por isso, em Penedono, as marcas da ruralidade estão presentes em toda a parte e a vida do campo foi a opção de grande parte dos seus habitantes. O centeio, o milho e a batata constituem as principais produções. Mas também se encontram vastas zonas cobertas por castanheiros, vinhas, oliveiras e amendoeiras. A pecuária é também uma actividade da qual vive uma boa parte da população.

 

Ruralidade em Penedono.

 

     Esta diversidade de culturas faz da paisagem de Penedono um espaço de tonalidades e relevos contrastantes. O tapete de textura única dos vinhedos, as cores variadas dos pomares, o espectáculo das amendoeiras em flor, a lisura das searas e a densidade das florestas alternam-se e conjugam-se num cenário encantador.

 

 Paisagens Belíssimas.

 

     As indústrias de madeiras, da confecção e das mármores tem também um peso importante na economia local e continuam a crescer e a ganhar relevo.

Topo da Página

 

 

GASTRONOMIA E ARTESANATO


 

     A gastronomia típica de Penedono é rica na variedade e na qualidade dos sabores. Da doçaria deste município, vale a pena provar as cavacas de Castaínço, já em vias de extinção, as filhós e uma série de sabores confeccionados com castanha, que é um dos frutos aqui produzidos mais apetecidos.

 

Castanheiros em Penedono.

 

     O queijo fresco e a carne de porco estão presentes à mesa de quem quer que saiba apreciar o bom sabor da cozinha tradicional da região. As febras de porco na brasa, prato conhecido como marrã e o cabrito assado no forno estão entre os pratos típicos mais apreciados.

 

Tapeçaria Típica de Penedono. 

 

     O artesanato tem ainda uma expressão bem viva e sobrevive graças aos inúmeros artistas que ainda existem na região. Destacam-se as colchas e os tapetes de lã e algodão de Castaínço, as ceiras e capachos em junça de Beselga, as miniaturas em madeira de Póvoa de Penela e as linhas e bordados que se encontram facilmente um pouco por todo o lado.

 

Artesanato vivo em Penedono.

 

     Topo da Página

 

 

FEIRAS E ROMARIAS


 

     As tradições religiosas e as manifestações em honra dos santos populares são uma constante ao longo do ano, mas principalmente durante o Verão. As Festas do Concelho são em honra de S. Pedro, no dia 29 de Junho. Nos dias 15 e 16 de Setembro, festeja-se, em Penedono, a Santa Eufêmia. Na Freguesia de Antas, a população organiza romaria em honra de Nossa Senhora da Cabeça, no dia 25 de Março, e no último Domingo de Agosto realizam-se as festas de Nossa Senhora da Aflição. Beselga tem a maior festa no primeiro domingo de Setembro, em honra do Divino Senhor dos Passos. Em Castaínço, a população festeja S. Sebastião, a 20 de Janeiro e Santo António, no primeiro Domingo de Agosto.

 

Igreja em Penedono.

 

     A Freguesia de Penela da Beira tem grande romaria no penúltimo Domingo de Agosto, em honra de Nossa Senhora da Piedade e do Nosso Senhor da Aflição. Póvoa de Penela homenageia Santa Margarida a 20 de Junho e Santo Aleixo no primeiro Domingo de Agosto e na Freguesia de Souto, a população está em festa no dia 15 de Agosto, por Nossa Senhora da Lapa.

Topo da Página

 

 

MIRADOUROS


 

     Em Penedono, o ideal é partir num passeio pelas encostas e pelas aldeias típicas, de onde se vislumbram constantemente os imensos horizontes das paisagens da Beira Alta.

 

Miradouro sobre Penedono.

Topo da Página

 

 

TEMPOS LIVRES


 

     Em terras de Penedono são muitos os locais onde os visitantes podem ocupar os seus tempos livres. Para quem prefere os desportos ao ar livre, o ideal é a caça e a pesca, que encontram aqui excelentes condições, grande diversidade e abundância.

 

Paisagens propícias à Caça e Pesca em Penedono.

 

     Na Vila, existe ainda uma série de infra-estruturas vocacionadas para o desporto e para a cultura, onde se podem passar óptimos momentos. As Piscinas Municipais, o Pavilhão Gimnodesportivo, a Biblioteca, o Museu e o CineForum, local de realização dos principais espectáculos do Município, são alguns dos lugares vocacionados para a ocupação de tempos livres e para as actividades culturais.

 

Polidesportivo de Penedono.

 

     Topo da Página

 

 

PATRIMÓNIO


 

     O Município de Penedono tem um património edificado interessante e diversificado. No coração da Vila, ergue-se o imponente Castelo, cuja origem é anterior à fundação da Nacionalidade. O Castelo de Penedono está classificado Monumento Nacional, o que bem se compreende, não só pelo seu valor histórico inegável, mas também pelos seus traços e pela sua arquitectura militar, que o tornam único no país. Esta construção, curiosa pela sua forma hexagonal, mantém intactos os traços originais da sua arquitectura medieval, apesar de, ao longo dos tempos, ter beneficiado de diversos restauros.

 

Pormenor Arquitectónico.

 

     Em frente ao Castelo ergue-se um curioso pelourinho de gaiola do século XVI, classificado Imóvel de Interesse Público.

 

Pormenor do Pelourinho de Penedono.

 

     A Igreja Matriz de S. Pedro é a única de três igrejas paroquiais da Idade Média que ainda existe. No seu interior guarda interessantes pormenores de arte sacra: esculturas sagradas, altares, trabalhos em talha dourada e as pinturas no tecto, dispostas em 35 caixotões. No Município de Penedono vale a pena visitar a Igreja de S. Salvador e admirar o seu retábulo de talha dourada, a Capela de St.ª Bárbara, de construção seiscentista, a Capela de Santa Luzía, edificada no início do século XVII e a Capela do Calvário.

 

Solar em Penedono.

 

     O Solar dos Freixos é o mais representativo do Município. Foi edificado nos séculos XVII e XVIII, em substituição de um outro, mais antigo, que ali existia. Actualmente alberga os serviços da Autarquia, mas diz-se que foi morada da ilustre e nobre família  dos Coutinhos, Condes de Marialva.

 

Sepulturas Antropomórficas. 

 

     Na aldeia de Antas é possível encontrar Sepulturas Antropomórficas que datam do Período Megalítico. O Município de Penedono possui dois conjuntos de monumentos megalíticos. A necrópole da Lameira de Cima, na aldeia de Antas, possui dois monumentos funerários pré-históricos. A necrópole do planalto da Senhora do Monte, nas freguesias de Penela da Beira e Castaínço, é constituída por monumentos megalíticos dispersos ao longo de três quiómetros e enquadrados por uma paisagem natural. Um desses monumentos, o Dólmen da Senhora do Monte, é Monumento Nacional desde 1961.

Topo da Página

atualizado em Segunda, 21 Dezembro 2009 12:36
 

VALE DO DOURO SUL

  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.
  • Municípios pertencentes à AMVDS.

TERMAS DE AREGOS

FEIRINHA DA TERRA

BARCA DE AREGOS

SESSÃO ONLINE



A SUA OPINIÃO

É importante a existência da AMVDS?
 

VISITANTES ONLINE

Temos 69 visitantes em linha
Free template 'Feel Free' by [ Anch ] Gorsk.net Studio. Please, don't remove this hidden copyleft!